terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A MISERICÓRDIA DO SENHOR É DESTE SEMPRE

Como sabemos hoje, Jesus cerca de 2 mil anos atrás morreu por nós para que possarmos hoje sermos livres de todo o pecado, ele levou toda a nossa carga, em Cristo tivemos o perdão dos pecados e fomos lavados e remidos.
Mas o que hoje quero vos dizer neste texto é que muito, muito antes de Jesus ter vindo a misericórdia do Senhor é deste sempre.
Antes mesmo da vinda do Cristo, Deus tinha misericórdia do seu povo vejamos os seguintes versículos:
“Se o sacerdote ungido pecar para escândalo do povo, oferecerá pelo seu pecado, que pecou, um novilho sem mancha, ao Senhor, por expiação do pecado.” (Levitico 4:3)
“Mas, se toda a congregação de Israel errar, e o negócio for oculto aos olhos da congregação, e se fizerem, contra algum dos mandamentos do Senhor, aquilo que se não deve fazer, e forem culpados; E o pecado em que pecarem for notório, então a congregação oferecerá um novilho, por expiação do pecado, e o trará diante da tenda da congregaçao.” (Levitico 4:13-14)
“Quando um príncipe pecar, e por erro obrar contra algum de todos os mandamentos do Senhor seu Deus, naquilo que se não deve fazer, e assim for culpado; Ou se o seu pecado,, no qual pecou, lhe for notificado, então trará por sua oferta um bode tirado de entre as cabras, macho sem mancha, E porá a sua mão sobre a cabeça do bode, e o degolará no lugar onde se degola o holocausto, perantee a face do Senhor: expiação do pecado é.” (Levítico 4:22-24)
“E se qualquer outra pessoa do povo da terra pecar por erro, fazendo contra algum dos mandamentos do Senhor, aquilo que se não deve fazer, e assim for culpada; Ou se o seu pecado no qual pecou, lhe for notificado, então trará por sua oferta uma cabra fêmea sem mancha; pelo seu pecado que pecou.” (Levítico 4:27-28)
“E se alguma pessoa pecar, e obrar contra algum de todos os mandamentos do Senhor o que se não deve fazer, ainda que o não soubesse, contudo será ela culpada, e levará a sua iniqüidade: E trará ao sacerdote um carneiro sem mancha do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa, e o sacerdote por ela fará expiação do seu erro em que errou sem saber; e lhe será perdoado. Expiação de culpa é: certamente se fez cupado ao Senhor.” (Levítico 5:17-19)
“E a sua expiação trará ao Senhor: um carneiro sem mancha do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa, trará ao sacerdote: E o sacerdote fará expiação por ela diante do Senhor, e será perdoada de qualquer de todas as cousas que fez, sendo culpada nelas.” (Levírico 6: 6-7)
Nestes versículos o Senhor ele fala muito sobre expiação dos pecados, mas o que é expiação dos pecados? Vejamos:
Expiação:
O perdão dos pecados daqueles que se arrependem deles e os confessam, acompanhado de reconciliação com Deus, através do SACRIFÍCIO de uma vítima inocente. No Antigo Testamento  a vítima era um animal, figura e símbolo do Cristo crucificado (#Lv 1$-7$; Hb 9.19-28).
Expiação dos pecados é perdão dos pecados, aos que se arrependem, quando nós chegamos a Cristo nós arrependemos de todos os nossos pecados, e então os mesmos são perdoados.
Antes de conhecermos a Cristo estavamos com nossas vestes manchadas sujas de pecados, porém o mesmo nos lavou com o teu sangue.
É importante ter vestes limpas, vestes do Reino do céus?
Vejamos:
“ENTÃO Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-lhes em parábolas, dizendo:
O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho;
E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir.
Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu tráfico;
E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade.
Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.
E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados.
E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias.
E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu.
Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.”(Mateus 22:1-14)

Nestes versículos Jesus compara o Reino do céus com o Reino de rei que celebrou as bodas de seu filho, se trazermos para o Reino do Céus, Deus celebrou as bodas de Jesus.
Bodas:
Festa de casamento (#Jz 14.12; Mt 22.2; pronuncia-se bôdas).
Então vamos analisar este texto o que ele nos passa:
O rei envia o seus servos para chamar os convidados para as bodas,porém os convidados não quiseram vir. O rei deve ter pensado né eles não devem ter entendido vai lá servos e convida-os novamente, diga-os que já está tudo pronto, que os mesmos venham para as bodas, porém não estavam nem “azul” para aquilo, então uns foram para seu campo, outros para o seu tráfico, outros ultrajaram e mataram os servos; Então aquele rei fica sabendo da notícia e fica “com sangue no olho”, e então enviou seu exército para matar os convidados.
Então o rei diz a teus servos: os convidados não quiseram vir, então convide a todos para as bodas.
Os servos chamam a todos quer seja bom quer seja mau.
Encheu as bodas, porém havia um convidado que não estava com vestes nupciais.
Então o rei o interrogou dizendo como entrou aqui e ele se calou, então o rei os disse lançai-o nas trevas exteriores, ali haverá pranto e ranger de dentes.
Notei-mos o seguinte o rei(Deus) lançou aquele homem para as trevas exteriores porque não estavam com as vestes do Reino dos Céus, quando Jesus ele nos lavou de todos os nossos pecados ele nos deu vestes novas e limpas do Reino dos Céus.

Então concluimos que é mister que tenha-mos vestes limpas do Reino do Céus, porque sem a tal de forma alguma poderemos entrar no Reino de Céus.

“E se alguma pessoa pecar, e obrar contra algum de todos os mandamentos do Senhor o que se não deve fazer, ainda que o não soubesse, contudo será ela culpada, e levará a sua iniqüidade: E trará ao sacerdote um carneiro sem mancha do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa, e o sacerdote por ela fará expiação do seu erro em que errou sem saber; e lhe será perdoado. Expiação de culpa é: certamente se fez cupado ao Senhor.” (Levítico 5:17-19)
No Antigo Testamento quando se levava um carneiro SEM MANCHA, representava Cristo SEM MANCHA DE PECADO ALGUM, que morreu por nós enquanto ainda éramos pecadores, e o mesmo se fez culpado como o versículo nos diz.
"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;"  (Gálatas 3 : 13)

No Antigo Testamento era para aquele povo serem malditos se os carneiro(Cristo) não morresse pelos mesmos, mas os mesmos obtiveram o perdão dos pecados, como nós recebemos hoje em Cristo, basta apenas chegarmos a Cristo Hoje para verdadeiramente ganharmos novas vestes nupciais.

Cristo se fez maldito ou seja ele pagou a nossa maldição sendo ele maldito em nosso lugar, foi um alto preço, a misericórdia do Senhor é deste sempre, pois muito antes da vinda do Cristo ele nos perdoava e nos livrava da maldição.

Maldito
Aquilo ou aquele sobre quem se lançou MALDIÇÃO (#Gn 3.14; 4.11).
Maldição
Chamamento de mal, sofrimento ou desgraça sobre alguém (#Gn 27.12; Rm 3.14). Os que quebram a LEI (1) estão debaixo da maldição; Cristo nos salvou dessa maldição, fazendo-se maldição por nós (#Gl 3.10-13).
Então neste texto concluimos o seguinte que deste sempre a misericórdia do Senhor existia, é o mesmo Deus ontem, hoje e sempre. Desde sempre o Senhor nos livra de toda a maldição, desde sempre ele nos livra de todo o mal, e nos perdoa, o amor do Senhor é desde sempre.
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."  (João 3 : 16)

A misericórdia do Senhor é Eterna!

Nenhum comentário:

Postar um comentário